sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

PASTORAL CARCERÁRIA SE REUNE COM ARCEBISPO DE ARACAJU

Na tarde da quinta-feira, 28 de dezembro, o coordenador da Pastoral Carcerária do Regional NE3 e do Nordeste, Carlos Antonio de Magalhães - Magal, a coordenadora da PCr da Arquidiocese de Aracaju e do Estado de Sergipe, Maria Rita Bizerra Lopes, e a agente de pastoral e membro do Colegiado da PCr Ana Lúcia dos Santos, estiveram reunidos com o Arcebispo Metropolitano Dom José Palmeira Lessa, na Cúria Arquidiocesana de Aracaju.
Entre os diversos assuntos colocados foram evidenciados problemas existentes em algumas unidades, tais como no Presídio Feminino - PREFEM, situado no município de N. S, do Socorro -SE, onde as visitas passaram de semanais para quinzenais, prejudicando a evangelização, bem como no Complexo Penitenciário Advogado Antonio Jacinto Filho - COMPAJAF, município de Aracaju - SE, onde o número de internos que frequenta as reuniões é mínimo e aleatório em função das restrições impostas ao acesso dos mesmos, bem como devido ao impedimento da Pastoral de fazer o chamamento nos pavilhões. O Senhor Arcebispo irá enviar uma correspondência à Secretaria de Justiça e Defesa do Consumidor de Sergipe informando sobre a situação e solicitando que sejam adotados procedimentos que facilitem e regularizem o trabalho da Pastoral Carcerária nestas unidades prisionais, inclusive com base na recente Resolução do CNPCP sobre assistência religiosa no presídios.


Foram também agendadas datas da celebração do Jubileu de Prata da Pastoral Carcerária de Sergipe, que acontecerá no dia 12 de agosto de 2012, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Grageru, bem como da visita ao presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, desembargador José Alves Neto, e ao reitor da Universidade Tiradentes, Joubert Uchôa. Com o presidente do TJ serão tratadas questões sobre a identificação dos agentes de pastoral e com o reitor da UNIT a viabilização de convênio para estágio de estudantes no trabalho pastoral, dentro do "Projeto Reformatório", daquela instituição. Outras datas para celebrações ficaram de ser agendadas posteriormente. 
Dom Lessa aproveitou para fazer o encaminhamento de algumas correspondências de internas do PREFEM, recebidas quando da Missa de Natal naquela instituição. 

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

MISSA DE NATAL NO CADEIÃO DE N. S. DO SOCORRO

Dentro da programação de Celebrações Eucarísticas de final de ano da Pastoral Carcerária de Sergipe em unidades prisionais, foi realizada a Missa de Natal da Cadeia Pública Territorial de N. S. do Socorro - SE, (Cadeião), presidida pelo padre José Farias dos Santos, diretor espiritual da PCr/SE, na tarde do dia 20 de dezembro.
Animada e participativa, a Celebração teve a presença de parte dos internos daquela unidade, que acompanharam o rito e os cantos junto com os agentes da PCr. Pela Pastoral Carcerária estiveram presente Magal, Rita, Nen, Graça, Bernadete e Cleide.



Após a Missa houve uma pequena confraternização com bolo e refrigerantes, sendo distribuidos mão a mão pelo diretor espiritual da PCr/SE. Em seguida a foto dos internos com os agentes da Pastoral Carcerária Nen e Bernadete, que visitam semanalmente a unidade, e a mensagem do padre Farias.




quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

RETIRO ESPIRITUAL DA PASTORAL CARCERÁRIA DE SERGIPE

Aconteceu no fim de semana 16, 17 e 18 de dezembro, na Chácara São Francisco, São Cristóvão -SE, o segundo "Retiro anual da Pastoral Carcerária de Sergipe", que contou com 19 participantes. Iniciado na sexta-feira à noite, teve com palestrante na abertura o Padre José Farias de Sousa, diretor espiritual da PCr da Arquidiocese de Aracaju, que fez com que todos refletissem sobre sua vocação cristã, em especial neste trabalho pastoral.


No sábado pela manhã, o padre Rogério de Jesus Santana, da Paróquia Sagrada Família - N.S. do Socorro, delineou o Retiro a partir de Lucas 4, a "Unção do Espírito Santo". Na tarde e noite do sábado bem como na manhã do domingo foram feitas reflexões, desertos e partilhas dentro da temática apresentada. Os agentes de pastoral presentes avaliaram o Retiro como muito proveitoso, e que as Graças de Deus foram derramadas abundantemente em suas vidas. Participaram 14 gentes da Arquidiocese de Aracaju, 3 da Diocese de Estância, vindos da cidade de Tobias Barreto, e 2 da Diocese de Própria, vindos de N. S. da Glória.    

BOXEADOR VOLTA A LUTAR APÓS FICAR PRESO POR 20 ANOS

Veja matéria (vídeo) do Fantástico - Rede Globo, de 18 de dezembro, sobre boxeador preso injustamente nos Estados Unidos por mais de 20 anos e sua volta por cima.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

CONSELHO DA COMUNIDADE NA EXECUÇÃO PENAL DE SERGIPE ENTREGA RELATÓRIO DO CADEIÃO

Na sexta-feira, 16 de dezembro, o Conselho da Comunidade na Execução Penal de Sergipe, CCEP/SE, esteve na Vara de Execuções Criminais, no Fórum Olímpio Mendonça, em Aracaju, para entregar o Relatório de Inspeção da Cadeia Pública Territorial de N. S. do Socorro - SE, (Cadeião) ao juiz titular Dr.Hélio Figueiredo. O estabelecimento acolhe presos provisórios em regime fechado, tendo capacidade para 160 internos, e no momento a lotação era de 125 detentos. 


visita de inspeção à unidade prisional ocorreu na tarde do dia 14 de novembro de 2011, quando foi inicialmente preenchido um questionário padrão, que foi respondido em parte pelo diretor da unidade, além de quatro entrevistas pessoais com internos. 
Seguindo o roteiro sugerido na "Cartilha dos Conselhos da Comunidade", foram verificadas, avaliadas e relatadas questões ligadas à: infra-estrutura geral da unidade prisional; a situação do atendimento e dos encaminhamentos jurídicos; os atendimentos prestados: saúde, psicologia e serviço-social; as possibilidades e condições de estudo e trabalho; a situação das visitas e visitas íntimas; os relacionamentos da Casa com o Poder Judiciário e com a comunidade em geral; os aspectos administrativos e funcionais (número de funcionários, condicões de trabalho, etc); e a descrição das demais atividades efetuadas (reuniões, articulacões com a comunidade, convênios, etc). Ao final do relatório foram sugeridos encaminhamentos visando obter melhorias nos diversos aspectos observados, que não estavam de acordo com a "Lei de Execução Penal - LEP"  e as "Regras mínimas para tratamento do preso no Brasil". 
  Participaram da visita de inspeção na tarde do dia 14 de novembro de 2011 às instalações da Cadeia PúblicaTerritorial de N. S. do Socorro, os conselheiros José Raimundo de Sousa, Carlos Antonio de Magalhães, Givaldo Hipólito Dantas, Ana Luiza Meneses Silva, Ângela Maria de Carvalho Machado, Magna de Souza Mendonça e Evanilde de Sousa Ramos. 

sábado, 17 de dezembro de 2011

ARCEBISPO DE ARACAJU CELEBRA MISSA NO PRESÍDIO FEMININO


Na tarde da terça-feira, 13 de dezembro, no Presídio Feminino de N. S. do Socorro - SE (PREFEM), foi realizada pelo Arcebispo de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa, mais uma Celebração Eucarística de final de ano para as internas e funcionários daquela unidade prisional. Dom Lessa era esperado com alegria pelas detentas, que se fizeram presente na sua totalidade, cerca de duzentas internas, que receberam a mensagem de esperança deste Natal pelo nosso Arcebispo. A direção e os funcionários acolheram os visitantes e prepararam o pátio interno do Presídio com muito carinho para a celebração. A Pastoral Carcerária de Sergipe cuidou da liturgia, dos cantos, da integração do ambiente, e ao final foi entregue uma pequena lembrança a cada uma das apenadas. Para alegria de todos os presentes, no início da celebração duas internas ganharam a liberdade, e ao final mais uma, que receberam aplausos e abraços. Havia a expectativa de mais duas liberações até o final desta tarde abençoada.

Veja abaixo fotos do evento e um vídeo com Magal animando o ambiente após a missa com a participação das internas. 



quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

CONHEÇA PROJETOS QUE APOIAM EX-PRESIDIÁRIOS NA BUSCA POR EMPREGO

Organizações oferecem cursos profissionalizantes e ajudam os ex-detentos a conseguir vaga no mercado de trabalho

O Profissão Repórter (Globo) exibido no dia 13 de dezembro mostrou a luta de ex-detentos para recuperar a vida longe da prisão. E registrou o trabalho da ONG Bem Querer, que oferece cursos profissionalizantes para os internos da Fundação Casa. Conheça outras organizações que dão apoio aos ex-detentos na luta por um emprego.

Veja esta reportagem na íntegra no site: http://g1.globo.com/profissao-reporter/noticia/2011/12/conheca-projetos-que-apoiam-os-ex-presidiarios-na-busca-por-emprego.html

sábado, 10 de dezembro de 2011

CONSELHO DA COMUNIDADE DE SERGIPE COMEMORA SEU QUINTO ANIVERSÁRIO

O Conselho da Comunidade na Execução Penal de Sergipe - CCEP/SE, comemorou na noite de terça-feira 6 de dezembro, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, seção de Sergipe (OAB/SE), em Aracaju, seu quinto aniversário como entidade jurídica (o órgão existe há mais de 20 anos), e aproveitou a oportunidade para apresentar à sociedade e representantes governamentais suas perspectivas e desafios para 2012. 
.


O presidente eleito em setembro passado, Sr. José Raimundo de Sousa, discorreu para os presentes propostas de criação da "Casa do Egresso" e ampliação do projeto de cursos profissionalizantes, bem como estruturação física do Conselho. Para isto tem feito diversos contatos para o estabelecimento de parcerias, com o poder público e com a iniciativa privada, tais como o Tribunal de Justiça e a Federação das Indústrias de Sergipe. 
Formado por mais de 21 entidades da sociedade civil e da Defensoria Pública – e na iminência de receber mais duas –, o CCEP busca realizar trabalhos que auxiliem egressos ou apenados a se reintegrarem à sociedade. “Já temos 500 vagas em cursos profissionalizantes gratuitos na área de construção civil para os egressos”, apontou o presidente Raimundo de Souza.
Além de promover ações para quem está saindo dos presídios, o CCEP procura também desenvolver programas para quem ainda tem pena a cumprir. “Já temos um projeto agrícola pronto para o Cadeião, em Socorro. Isso contribui para que, lá dentro, eles se exercitem, se eduquem e tenham uma reintegração mais fácil quando saírem”, acrescenta o presidente.
Segundo Souza, o principal desafio para o ano que vem é não se ater a essas 500 oportunidades. “É ultrapassar isso com outros cursos fora da área de construção civil, bem como fazer a fundação da Casa do Egresso”, afirmou Raimundo (vídeo ao final da matéria). 


O vice-presidente, Sr. Carlos Antonio de Magalhães - Magal, apresentou os objetivos do CCEP, conforme seu estatuto, e os trabalhos realizados bem como os resultados alcançados este ano, que serviram como ponto de partida para a busca de novos desafios propostos pelo novo presidente. 
A seção sergipana da Loja Maçônica Grande Oriente do Brasil é uma das entidades que se aliarão ao Conselho. “Fomos convidados para indicar dois representantes”, informou o grão-mestre estadual da Loja, Lourival Mariano de Santana. “É fundamental tudo o que eles fazem para resgatar a auto-estima e a ressocialização dos presidiários. A Maçonaria também pensa dessa forma”, comenta Santana. 


Esteve presente representando o governador do Estado e o secretário de justiça e de defesa do consumidor, o Dr. Filadelfo Alexandre - secretário adjunto, e o presidente do Conselho Penitenciário do Estado de Sergipe, Dr. Gilson Gama - procurador da república.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

DILMA ENTREGA PRÊMIO DE DIREITOS HUMANOS À FAMÍLIA DE JUÍZA ASSASSINADA EM NITERÓI

Luciana Lima
Repórter da Agência Brasil 

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira (9) o direito à livre manifestação como fundamental para o fortalecimento da democracia. "Sabemos todos que a democracia política se fortalece com a democracia social. O Brasil só será um país realmente justo e desenvolvido quando todos nós, brasileiros, formos ao mesmo tempo livres para nos manifestarmos, livres para exercer a nossa cidadania e tivermos oportunidades iguais e direitos iguais", disse a presidenta na cerimônia de entrega do Prêmio Direitos Humanos 2011, no Palácio do Planalto.
 
O prêmio foi dado a 25 pessoas e entidades que se destacaram no combate a violações de direitos humanos. Um dos momentos tocantes da cerimônia foi quando a filha, Ana Clara, e a irmã, Simone, da juíza Patrícia Acioli, assassinada em agosto deste ano em Niterói (RJ), receberam das mãos da presidenta Dilma o prêmio na categoria Enfrentamento à Violência. A juíza, que atuava na comarca de São Gonçalo (RJ), desenvolvia um forte trabalho o crime organizado no Rio de Janeiro, foi morta a tiros, ao chegava em casa. 

A presidenta destacou ainda que o prêmio é importante também por significar o reconhecimento do Estado ao trabalho dos defensores dos direitos humanos. "É o reconhecimento do Estado brasileiro, porque vocês não só consideram importante a letra da Declaração Universal dos Direitos Humanos, mas, mais importante ainda, vocês transformaram essa letra em realidade, transformaram o exercício dos direitos em algo tangível, em algo que afeta a vida e torna a vida, torna o nosso país mais civilizado, a nossa nação mais orgulhosa de si mesma." 

Edição: Nádia Franco

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

REUNIÃO DA COMISSÃO INTERSETORIAL DO SISTEMA PRISIONAL DE SERGIPE

A “Comissão Intersetorial para Estudo e Humanização do Sistema Prisional” realizou na tarde do dia 6 de novembro, terça-feira, mais uma reunião na Escola de Gestão Penitenciária de Sergipe (EGESP), sob a presidência de Tereza Carvalho, Diretora da Assessoria de Planejamento da Secretaria de Estado da Justiça e de Defesa do Consumidor de Sergipe – SEJUC, com a participação da maioria dos membros constituídos.


A presidente discorreu sobre o documento por ela enviado para todos os membros da Comissão sobre as ações que vêm sendo desenvolvidas pela Secretaria, que foi comentado pelos presentes, em especial pelo Promotor de Justiça Dr. Luís Cláudio Almeida Santos, que citou os pontos positivos e negativos do documento, segundo a sua visão. A representante da Secretaria de Saúde do Estado falou sobre os passos dados no sentido da implementação do “Plano Nacional de Saúde do Sistema Penitenciário” em Sergipe, em conjunto com a Secretaria de Estado de Justiça e Defesa do Consumidor, no Hospital de Custódia - HCTP e Presídio Feminino – PREFEM, e das dificuldades para efetivar o plano nas demais unidades prisionais. A representante da Secretaria de Educação também informou que está sendo elaborado, com base em um decreto presidencial, um plano educacional para o sistema penitenciário no nosso Estado bem como os membros do Conselho da Comunidade na Execução Penal e da Pastoral Carcerária informaram sobre a realização de cursos profissionalizantes para egressos neste ano e a experiência adquirida. 


O promotor Luís Cláudio sugeriu à presidente constituir uma equipe para elaborar um plano de gestão conjunta, e que os membros da Comissão que se manifestaram sobre ações realizadas trouxessem por escrito na próxima reunião seus relatos e projetos, para serem incorporados a este plano de gestão, após as devidas discussões e adequação à realidade do sistema prisional sergipano. Ficou marcada uma próxima reunião para a primeira quinzena de janeiro de 2012, com data a ser definida posteriormente. 
Estiveram presente pela Pastoral Carcerária o coordenador regional NE3 e do Nordeste Carlos Antonio de Magalhães – Magal, e Maria Rita Bizerra Lopes, coordenadora do Estado de Sergipe; e representando o Conselho da Comunidade na Execução Penal o seu presidente José Raimundo de Sousa.     

domingo, 4 de dezembro de 2011

BRASILEIROS CUMPREM DEZ ANOS DE PRISÃO POR CRIMES QUE NÃO COMETERAM

Na semana passada, o Fantástico mostrou a história de Marcos Mariano da Silva, que é mais uma vítima de um erro judiciário e passou 19 anos preso.

Fonte: G1/Fantástico


“Eles me prenderam sem nem eu saber que eu estava condenado. Eu fiquei esses nove anos e poucos preso lá sem dever”, conta Osvaldo Marecelino. 
Condenado a 20 anos de prisão, acusado de um crime que não cometeu. Em 1992, Osvaldo Marcelino era dono de um bar, na cidade de Ponta Grossa, a 100 quilômetros de Curitiba. Em uma noite, um homem foi assaltado e morto em frente ao bar. Osvaldo foi apontado como mandante do crime. Ficou na prisão até 2001. 
“Eu acabei perdendo a minha esposa. Fiquei sozinho”, conta Oswaldo. 
Anos depois, o verdadeiro assassino confessou o crime. O poder judiciário do Paraná admitiu o erro, e ele foi solto. Mas quando Osvaldo deixou a prisão, sua vida já não era a mesma. 
“Por causa de um erro, estive pagando por uma coisa que eu não cometi”, conta. 
Em 2002, Oswaldo entrou na Justiça com um pedido de indenização. Este ano o pedido foi negado. Caso pior aconteceu em minas Gerais com Wagno Lúcio da Silva. 
O inferno na vida dele começou na véspera do aniversário de 33 anos, em 1997, quando saiu de casa para fazer compras. Ele foi preso acusado da morte de um taxista da cidade onde morava, Congonhas, a 70 quilômetros de Belo Horizonte. 
“Eu ouvi barulho de sirene. Aí quando eu encostei para dar caminho, eles pararam em cima de mim, jogaram minha compra pro chão,deram um murro, quebraram meu óculos. Aí ele já foi me chutando e me algemando. Aí eu falei: bom Jesus, eu nunca matei ninguém”, lembra. 
A polícia se baseou no depoimento de um adolescente que apontou Wagno como autor do crime. 

Confira está reportagem na integra no site: 

sábado, 3 de dezembro de 2011

ARCEBISPO DE ARACAJU CELEBRA MISSA NO PRESÍDIO DE SÃO CRISTÓVÃO - SE

Na tarde da quinta-feira, 01 de dezembro, no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto - COPEMCAN, em São Cristóvão -SE, foi realizada pelo Arcebispo de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa, a tradicional missa de final de ano para os internos e funcionários daquela unidade prisional. A missa foi concelebrada pelo padre Marcelo, da "Comunidade mar a dentro", de Minas Gerais, que esteve visitando a Arquidiocese de Aracaju, visando trazer sua comunidade para o nosso convívio. A Pastoral Carcerária de Sergipe cuidou da liturgia, dos cantos e da integração do ambiente.

Veja abaixo fotos do evento e a mensagem (vídeo) de Dom Lessa para a Pastoral Carcerária e para os internos sobre o "Tempo do Advento".






SERGIPE - LANÇAMENTO DA CAMPANHA NATALINA DO PROJETO AMIGUINHOS DA PM

Polícia Militar de Sergipe lança a III Campanha Natalina "Faça uma Criança Sorrir, dê um Presente de Natal" Projeto Amiguinhos da PMSE é o alvo da campanha. 

Dezenas de crianças com olhinhos brilhantes e atentos invadiram o Quartel do Comando Geral (QCG) na manhã desta quinta-feira, 1º, durante o lançamento da III Campanha Natalina da Polícia Militar de Sergipe "Faça uma Criança Sorrir, dê um Presente de Natal". Elas pertencem ao Projeto Amiguinhos da PMSE e vieram conferir de perto o apadrinhamento das lembrancinhas que cada uma escolheu como presente de Natal.  
                                  


Estiveram presente os parceiros do projeto, "Instituto Amigos da Inclusão Social", "Unimed Sergipe" e "Rotary Club Aracaju Treze de Julho".

Acesse a notícia completa no site "Plenário - a notícia agora" no endereço:

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

DETENTAS DO RECIFE FAZEM EXAME DE HIV E HEPATITE, EM AÇÃO DA PREFEITURA

Desinformação é ainda um dos maiores desafios no combate às DSTs. Agentes de saúde visitaram a Colônia Penal Feminina nesta quarta (30).

A desinformação é ainda um dos maiores desafios no combate às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Essa foi uma das constatações feitas pelos profissionais de saúde que foram ao Presídio Aníbal Bruno e à Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, no Recife. A iniciativa da Secretaria de Saúde leva aos presos a oportunidade de fazer exames para detectar HIV e hepatite C, além de uma palestra orientando sobre essas doenças. Na visita ao presídio feminino, a médica e especialista em DSTs Iana Coelho conta que percebeu uma carência grande de informações por parte das detentas, fruto também do medo e do preconceito. "Elas se aproximam, algumas muito tímidas, para fazer perguntas. Existe um pouco mais de consciência sobre HIV, mas outras como sífilis e hepatite C são desconhecidas da grande maioria", explica.

Fonte G1 / PE

Veja a matéria na integra no endereço: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2011/11/detentas-do-recife-fazem-exame-de-hiv-e-hepatite-em-acao-da-prefeitura.html

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

CAMPANHA DE DESARMAMENTO EM SERGIPE

No sábado 26 de novembro aconteceu no Bairro Santa Maria - Aracaju, mais uma mobilização da "Campanha de Desarmamento em Sergipe", por um futuro sem armas. Estiveram presente o coordenador da campanha, Márcio Freire, o seu vice Fábio Costa, além de diversos membros do "Comitê de Desarmamento", que fizeram panfletagem educativa e abordagens de concientização junto à população local.

O "Comitê de Desarmamento" é formado por representantes de entidades do Estado, tais como a Secretaria de Segurança Pública bem como a Especial de Direitos Humanos, e da sociedade civil, entre elas a Pastoral Carcerária, que se fez presente representada pelo coordenador Regional NE3, Magal.  O objetivo da Campanha é convencer ao cidadão de que a arma não protege, arma mata.

Membros do Comitê de Desarmamento presentes
Acesse o site nacional para ter mais detalhes e informações sobre os postos de entrega. www.entreguesuaarma.gov.br

sábado, 26 de novembro de 2011

PROGRAMA MUTIRÃO CARCERÁRIO LIBERTA MAIS DE 20 MIL PRESOS IRREGULARES.

Eles já haviam cumprido a pena ou não deveriam estar na cadeia. Déficit estimado de vaga nas prisões é de 147 mil.


Fonte:  G1/JN

O programa Mutirão Carcerário, do Conselho Nacional de Justiça, libertou mais de 20 mil pessoas que estavam presas irregularmente desde 2010. Elas já haviam cumprido a pena ou não deveriam estar na cadeia. Dos quase 475 mil detentos, 43% são presos provisórios, ainda não julgados. O déficit estimado de vagas nas prisões é de 147 mil.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

EX-MECÂNICO MORRE DEPOIS DE SABER QUE GANHOU INDENIZAÇÃO NO RECIFE

Marcos Mariano passou 19 anos na prisão, por um crime que ele não cometeu. Ontem soube que ia receber a segunda parte da indenização.

Do portal G1 - Jornal Hoje

Marcos Mariano da Silva foi preso, pela primeira vez, em 1976, por um crime que não cometeu. É que ele tinha o mesmo nome de um homem acusado de assassinato. O culpado só apareceu seis anos depois.
Marcos foi solto, mas a liberdade durou pouco. Em 1985, ele dirigia um caminhão quando foi parado em uma blitz e detido pelo policial que o reconheceu. O juiz entendeu que ele estava foragido e decidiu mandá-lo de volta para a prisão, onde passou mais 13 anos. Pegou tuberculose e ficou cego ao ser atingido por estilhaços de uma bomba de gás em uma rebelião. Foi preciso um mutirão para que a Justiça percebesse o erro.

Veja a notícia completa no portal G1 - Jornal Hoje, no endereço:

http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2011/11/ex-mecanico-morre-depois-de-saber-que-ganhou-indenizacao-no-recife.html

terça-feira, 22 de novembro de 2011

FORMAÇÃO PARA NOVOS AGENTES DA PASTORAL CARCERÁRIA

Aconteceu no sábado 19 de novembro, na cidade de Tobias Barreto - SE, Diocese de Estância, mais um mini-curso de formação para novos agentes da Pastoral Carcerária, visando habilitá-los de imediato ao trabalho pastoral em unidades prisionais. O curso contou com a participação de seis novos voluntários, que dobrarão o contingente atual de missionários que atuam no Presídio Estadual Manoel Barbosa de Souza - PREMABAS, localizado naquele município. As  temáticas foram apresentadas por Maria Rita, coordenadora estadual, e por Carlos Antonio de Magalhães - Magal, coordenador do Regional NE3 e do Nordeste. Esteve presente também no início das atividades o pároco local, padre Raimundo Ferreira Araújo, da paróquia Nossa Senhora Imperatriz dos Campos.

Novos e atuais agentes ao lado de formadores

 Neste dia foram transmitidos conhecimentos sobre a estrutura orgânica da Pastoral em nível diocesano, regional e de CNBB, o embasamento bíblico, as atividades desenvolvidas, a relação do agente de pastoral com os apenados e com os funcionários do sistema, entre outras informações fundamentais para se realizar a missão de evangelizar no cárcere.  À tarde foi realizada uma visita ao PREMABAS para um primeiro contato dos novos agentes com os internos daquela unidade prisional.
Ajude-nos a descobrir novos voluntários. "A messe é grande e poucos são os operários". Ligue (79) 9880.4714 (Rita), 9959.2233 (Magal).
E-mail: carceraria.sergipe@gmail.com

GOVERNO LANÇARÁ PLANO PARA DESAFOGAR O SISTEMA CARCERÁRIO

Existem mais de 500 mil presos no Brasil, mas as penitenciárias e delegacias têm capacidade para pouco mais de 300 mil.

O governo vai lançar um programa para desafogar o sistema carcerário no país. Nos últimos oito anos, outras promessas para o setor não saíram do papel. Existem mais de 500 mil presos no Brasil, mas as penitenciárias e delegacias têm capacidade para pouco mais de 300 mil. Mais de 200 mil detentos estão abrigados em condições muitas vezes desumanas.

Reportagem extraída do G1.com/jn

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/11/governo-lancara-programa-para-desafogar-o-sistema-carcerario.html

domingo, 20 de novembro de 2011

DILMA SANCIONA COMISSÃO DA VERDADE E LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO

Luci Ribeiro e Rosana de Cássia, da Agência Estado

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta sexta-feira, 18, a lei que permite aos cidadãos ter acesso a informações públicas e a lei que cria a Comissão da Verdade. Em cerimônia no Palácio do Planalto, Dilma destacou que essas duas leis "representam um grande avanço nacional e um passo decisivo na consolidação da democracia brasileira". "A informação torna-se aberta em todas as suas instâncias. O Poder Público torna-se mais transparente", completou a presidente.

A Pastoral Carcerária esteve presente, representada pelo coordenador do Nordeste, Carlos Antonio de Magalhães - Magal.

Veja matéria completa no endereço do Estadão:

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

ESPERANÇA PARA QUEM DESEJA RECOMEÇAR


'Quero começar uma vida nova', diz detenta de MS que fará Enem prisional 
Presa por tráfico, Francielle de Oliveira presta o exame em Campo Grande. Em todo o estado, 595 detentos estão inscritos para fazer a prova.
Do G1 MS


Detenta Francielle de Oliveira, do presídio feminino de Campo Grande se prepara para o Enem prisional (Foto: Leandro Abreu/G1 MS)

“Quero esquecer isso daqui. Deixar para trás e começar nova vida”, essa é a expectativa da detenta Francielle de Oliveira Dourado, de 20 anos, que vai fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) prisional, que acontece no fim do mês em todo o país. Francielle é, segundo a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), uma das 595 pessoas que estão inscritas para fazer as provas do Enem em unidades prisionais e unidades educacionais de internação (Uneis) em Mato Grosso do Sul. O estado, conforme a Agepen, é o sexto do país em número de inscritos no Enem prisional.
A jovem detenta está detida no Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande. Presa por tráfico de drogas e ainda aguardando julgamento, a jovem revela que tem o ensino fundamental completo e cursa, dentro do presídio, o primeiro ano do Ensino Médio. Ela diz que pretende ir bem nas provas para garantir o certificado de conclusão do Ensino Médio e futuramente fazer a faculdade de Direito. “Acho que tenho chances sim. Aqui os professores são muito bons”, afirma a detenta, que sonha fora da cadeia, em dar uma vida melhor ao filho de 3 anos que mora com a avó em Barra do Garças, em Mato Grosso. 
Além das aulas na escola do presídio, a detenta revela que está se preparando para o exame há alguns meses estudando com os livros da biblioteca do presídio. A biblioteca, conforme a diretora do presídio, Dalma Fernandes de Oliveira, foi montada com as doações de livros que a Agepen recebeu da comunidade. “As aulas e a perspectiva real de mudança de vida com o Enem, estão fazendo com que elas já comecem a se transformar dentro da própria penitenciária. Muitas só falam no exame e dos sonhos que tem”, comenta a diretora. 
Prova
As provas do Enem prisional, conforme o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), acontecem nos dias 28 e 29 deste novembro. O Exame será constituído de quatro provas objetivas, contendo cada uma 45 questões de múltipla escolha e uma redação. 
Conforme o Inep, 14.118 detentos realizarão as provas em todo o país. Em Mato Grosso do Sul foram 595 inscritos. Em Campo Grande, o exame será realizado no Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, Instituto Penal de Campo Grande, Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi e no Centro de Triagem Anísio Lima. 
Ainda conforme o Inep, as provas também serão aplicadas em unidades penais das cidades de Amambai, Aquidauana, Bataguassu, Cassilândia, Corumbá, Dourados, Dois Irmãos do Buriti, Jateí, Jardim, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas. 
No dia 28, serão aplicadas as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias. A aplicação do exame terá início às 12 horas e terminará às 16h30 (horário de MS). As provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias serão realizadas no dia 29, a partir das 12 horas, com encerramento às 17h30 (horário de MS). 
De acordo com o Inep, o Enem prisional tem um enfoque diferenciado do Exame realizado paras demais pessoas, tendo em vista que objetiva principalmente a certificação de conclusão do Ensino Médio.

Reportagem extraida do site G1 MS no endereço:

http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2011/11/quero-comecar-uma-vida-nova-diz-detenta-de-ms-que-fara-enem-prisional.html

sábado, 12 de novembro de 2011

ENCONTRO NORDESTE DA PASTORAL CARCERÁRIA 2011

Nos dias 04-05-06 de novembro aconteceu em Salvador - BA, o "IX Encontro Nordeste da Pastoral Carcerária - Nordestão", reunindo cerca de 100 agentes da PCr dos nove Estados da região, efetivando um aprendizado com troca de experiências e formação. O Encontro foi realizado no CTL (Centro de Treinamento de Líderes) da Arquidiocese de São Salvador - BA e contou com a presença de leigos e leigas, bispos, padres, freiras, religiosos e religiosas.

Na tarde da sexta-feira 4, após as palavras de boas vindas de Carlos Antônio Magalhães - Magal, coordenador da PCr do Nordeste, e da bênção de Dom Otorino, bispo referencial da PCr do Regional NE3, houve um debate aberto com autoridades, - Dra. Andremara dos Santos, juiza titular da Vara de Execucões Penais (VEP) em Salvador, - Dr. Geder Gomes, presidente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), - Dr.Maurício, defensor público do Estado da Bahia, entre outros convidados, onde se discutiu a "Lei de Prisões Cautelares". A partir da noite a programação foi dirigida exclusivamente para os agentes da PCr, começando pela espiritualidade do Encontro e a apresentação individual.


Na manhã do sábado, iniciada com a celebração da santa missa, cada estado teve a oportunidade de expor suas boas práticas em experiências exitosas, sendo realizadas em seguida oficinas onde os participantes puderam conhecer melhor cada projeto ou iniciativa. À tarde foi apresentado o tema “Formação para a vida cristã no cárcere”, pelos padres Valdir - coordenador da PCr Nacional, e Filip - coordenador da PCr de Salvador, tendo como referência o trabalho desenvolvido por uma comissão especial para catequese nos presídios. Alguns roteiros de encontros com os detentos foram testados em pequenos grupos. Na noite cultural os filhos dos detentos, acompanhados pelo Centro “Nova Semente”, da Pastoral Carcerária de Salvador, apresentaram uma peça de teatro chamada "Cuidando do cuidador". 


No domingo o padre Valdir apresentou o vídeo nacional preparado para ajudar na formação de novos agentes, acompanhado de outras temáticas complementares. Após as palavras de envio do arcebispo de Salvador, Dom Murilo Krieger, houve a despedida de todos com o compromisso de tentar colocar na prática o que foi aprendido neste Encontro. Daqui há dois anos será feita nova avaliação da caminhada no Nordestão de 2013 em Teresina, Piauí.




domingo, 6 de novembro de 2011

MENSAGEM DO ARCEBISPO DE ARACAJU SOBRE O IX ENCONTRO NORDESTE DA PASTORAL CARCERÁRIA

Aconteceu nos dias 04, 05 e 06 de novembro na cidade de Salvador - BA, no Centro de Treinamento de Líderes - CTL de Itapoan, o 'IX Encontro Nordeste da Pastoral Carcerária', congregando agentes de pastoral de todos os estados da região. O Encontro, chamado de "Nordestão", é realizado a cada dois anos, normalmente em uma das capitais destes estados, e visa atualizar conhecimentos e trocar experiências através de exposições, discussões e debates sobre a evangelização nos cárceres bem como sobre o sistema prisional. 
Ouça a mensagem de Dom José Palmeira Lessa, Arcebispo de Aracaju, para os participantes do Encontro.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

PRESIDIÁRIAS DE CARIACICA TRABALHAM EM SERVIÇO DE VENDAS POR TELEFONE

Presidiárias que passam o dia penduradas no telefone, dentro das celas. Elas falam com consumidores no Brasil inteiro e não estão descumprindo a lei.

Na penitenciária feminina de Cariacica, no Espírito Santo, celular não entra, mas lá dentro, as ligações não param. É um call center, atrás das grades. “Eu converso com clientes e pretendo fazer com que comprem nossos produtos", diz uma interna.

Veja esta matéria na íntegra, no link do jornal hoje abaixo:

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

PROJETO AMIGUINHOS DA PM É SEMI-FINALISTA DO PRÊMIO ITAÚ UNICEF 2011

O projeto social Amiguinhos da PM, da Polícia Militar do Estado de Sergipe, é semifinalista, pela segunda vez, do prêmio Itaú Unicef Regional Fortaleza. O prêmio é um reconhecimento das boas iniciativas de instituições do Brasil, setorizadas em oito regionais, que visam à inclusão social através de projetos socioeducativos que refletem na educação integral de crianças e adolescentes.
O Projeto é fruto de uma parceria entre a Polícia Militar de Sergipe, o Rotary Club Aracaju Treze de Julho, a Unimed Sergipe e o Instituto Amigos da Inclusão Social - IAIS, que indicou o projeto ao Prêmio Itaú Unicef 2011, e que tem como presidente o companheiro Carlos Antonio de Magalhães - Magal, também coordenador da Pastoral Carcerária da Macro-Região Nordeste. 

Veja a notícia completa no portal da UNIMED Sergipe:


Conheça também o blog do Projeto Amiguinhos da PM:

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

EGRESSOS RECEBEM CERTIFICADO EM SOLENIDADE COM A PRESENÇA DA AMANCO

Na manhã do dia 17 de outubro os alunos do "Curso de Instalador Hidráulico", egressos do sistema penal, participaram da solenidade de entrega de certificados no auditório do SENAI, localizado na Avenida Tancredo Neves, Aracaju. O evento fez parte da programação do projeto SENAI CASA ABERTA e contou com a presença de representantes da AMANCO, multinacional do setor de componentes hidráulicos e sanitários que financiou o curso. 

Egresso Everton falando em nome da turma concluinte

O Conselho da Comunidade na Execução Penal de Sergipe - CCEP/SE, idealizador do projeto de capacitação profissional para egressos do sistema penitenciário, foi representado pelo seu presidente José Raimundo de Sousa e pelo seu vice-presidente Carlos Antonio de Magalhães - Magal. Estiveram presente também representantes do SINDUSCON e da Vara de Execuções Penais, entidades parceiras do projeto de ressocialização. 



Veja abaixo entrevista com a Patrícia Barreto, gerente de marketing da AMANCO, falando sobre a importância social do projeto de cursos profissionalizantes para este segmento social.


EM NOVEMBRO ARACAJU RECEBE MOSTRA DE CINEMA E DIREITOS HUMANOS NA AMÉRICA DO SUL


Começa no dia cinco e prossegue até 10 de novembro a Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, evento que visa promover a conscientização e a reflexão acerca dos Direitos Humanos por meio da exibição de filmes e da realização de debates.
A mostra é uma realização da Petrobras e Secretaria de Direitos Humanos da Presidencia da República e acontecerá pela segunda vez em Aracaju no Cinemark Jardins e no Auditório Pedro Braz, no IFS - Instituto Federal de Educação e Tecnologia de Sergipe.
Na sua sexta edição, a Mostra de Direitos Humanos estará presente em todos os Estados e no Distrito Federal, exibindo filmes de grande relevância para a cinematografia nacional ou latino-americana dos últimos tempos.
Direitos Humanos e Saúde Mental será o tema abordado com a exibição de Bicho de Sete Cabeças, de Laís Bodansky; a Cidadania LGBT está presente em Morango e Chocolate, de Tomás Gutiérrez; os Direitos dos Idosos são a chave para a reflexão a partir de Chuvas de Verão, de Carlos Diegues; e os Direitos da Infância dão o tom em Central do Brasil, de Walter Salles. Além desses destaques, teremos uma ampla variedade de títulos nas seções Contemporâneos e Retrospectiva Histórica.
Uma novidade é que nas salas de apresentações, haverá acessibilidade para portadores de deficiência. Para garantir o acesso de deficientes visuais e auditivos, as sessões serão transmitidas com recursos técnicos como audiodescrição eclosed caption (legenda oculta, sistema de transmissão por sinal de TV).

Confira toda a programação no link abaixo:

http://www.cinedireitoshumanos.org.br/2011/html/cidade_aracaju.html

sábado, 22 de outubro de 2011

POLÍTICA PÚBLICA DE REINSERÇÃO DO PRESO – REALIZADA PRIMEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO INTERSETORIAL



Na tarde da quinta-feira 20 de outubro, na antiga "Casa de Detenção de Aracaju", foi realizada a segunda reunião da Comissão de Entidades que buscarão desenvolver ações visando a melhoria do sistema penitenciário sergipano, que será objeto da realização da primeira conferência do sistema em nível estadual. A iniciativa é da 1a Promotoria de Justiça das Execuções Criminais do Ministério Público de Sergipe.



A Pastoral Carcerária e o Conselho da Comunidade na Execução Penal de Sergipe fazem parte da Comissão. 


Leia a matéria em destaque no portal do Ministério Público de Sergipe e na Infonet nos links abaixo:


- MPSE: Política Pública de Reinserção do Preso – Realizada primeira reunião da Comissão Intersetorial
http://www.mp.se.gov.br/NoticiaExibir.aspx?id=5341



- Infonet: Situação do sistema prisional é tema de audiência


quinta-feira, 20 de outubro de 2011

PROJETO AMIGUINHOS DA PM-SE PROMOVE SEMANA DA CRIANÇA

Entre os dias 11 e 14 de outubro, o "Projeto Amiguinhos da PM-SE" realizou na sua sede, no Conjunto Almirante Tamandaré - Aracaju, a Semana da Criança, juntamente com o Instituto Amigos da Inclusão Social - IAIS, a UNIMED-SE e o Rotary Clube Aracaju Treze de Julho. Foi uma semana de muita descontração para as crianças do Projeto, com ações educativas, gincanas, apresentação de oficinas, teatro, desfile de modas, exibição de "Boxe Tailandês", "Muay Thai" e brincadeiras tais como cama elástica e quebra-panela. Pipoca, algodão-doce, cachorro-quente e picolé foram algumas das comidas distribuidas às crianças presentes. Na sexta-feira encerrou-se o evento com a pontuação das gincanas e entrega de medalhas.



A premiação contou com a presença do benfeitor do Projeto sr. Paulo Meneses, da srª Clenilde Alferes, do Sgt. Sandro - diretor executivo do Projeto, do Sgt Lázaro - instrutor de capoeira, do Sgt Ezequias - instrutor do "Boxe Tailandês", da pedagoga Christie, das monitoras do Projeto e de alguns familiares das crianças. O presidente do IAIS, entidade que administra o Projeto Amiguinhos da PM-SE, sr. Carlos Antonio de Magalhães - Magal, não pode comparecer por motivo de viagem à serviço da Pastoral Carcerária.





domingo, 16 de outubro de 2011

ENCONTRO DA COORDENAÇÃO NACIONAL DA PASTORAL CARCERÁRIA

Estiveram reunidos de 14 a 16 de outubro, no Centro de Formação Sagrada Família, em São Paulo, os membros da Coordenação Nacional da Pastoral Carcerária, Padre Valdir João Silveira - coordenador nacional, Heidi Ann Cerneka - coordenadora da "Questão da Mulher Presa", José de Jesus Filho - assessor jurídico,  Gianfranco Graziola, Carlos Antonio de Magalhães, Maria José Monteiro, Camille Poltroniere Santana e Manuel Feio da Silva - coordenadores das macrorregiões Norte, Nordeste, Centro-oeste, Sudeste e Sul, respectivamente, para avaliação e planejamento da Pastoral, visando a comunhão e uniformização de procedimentos e ações. A vice-coordenadora nacional - Irmã Petra Silvia Pfaller, não pode comparecer pois está em missão na Europa.


Durante os três dias foram feitas diversas discussões, iniciadas pelos relatos das atividades e experiências de cada macrorregião, do acompanhamento das metas propostas na Assembléia Nacional da Pastoral Carcerária de novembro do ano passado, das estratégias para ampliação do quadro de agentes de pastoral bem como sua formação, da aplicação experimental dos subsídios para evangelização no cárcere (Vivência Cristã), da comunicação e divulgação, entre outras questões.

Foram definidas também as datas para o Encontro Nacional da Pastoral Carcerária em 2012, e da próxima reunião de coordenadores, também no próximo ano. 

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

VARA DE EXECUÇÕES DE SERGIPE REALIZA OFICINA COM FORMANDOS DO CURSO DE INSTALADOR HIDRÁULICO

A Vara de Execuções Penais - VEC, com o intuito de proporcionar uma melhor condição de reintegração social aos egressos concluintes do “Curso de Instalador Hidráulico”, promovido pelo Conselho da Comunidade na Execução Penal de Sergipe – CCEP/SE, realizou na manhã da quinta-feira, 13 de outubro, no auditório do Fórum Olímpio Mendonça, Aracaju – SE, uma oficina sobre cidadania e relações interpessoais. A oficina foi ministrada por uma estagiária de Serviço Social, que falou sobre “Cidadania”, e por uma psicóloga ex-estagiária da VEC, que abordou o tema “Relações Interpessoais no Ambiente de Trabalho”. Os oito egressos participantes interagiram com as palestrantes, absorvendo noções essenciais para uma convivência harmônica e proativa no ambiente de trabalho. A assistente social da VEC, Sra. Analice, complementou com dados e observações dentro da realidade dos mesmos.



O vice-presidente do CCEP/SE, Magal, esteve presente e acertou com os alunos a data de 20 de outubro para a entrega solene dos certificados de conclusão do “Curso de Instalador Hidráulico”, nas instalações do SENAI, entidade executora. Representantes da Amanco, indústria internacional de componentes hidráulicos e sanitários, patrocinadora do Curso, estarão presentes para a entrega, o que proporcionará uma maior visibilidade a esse trabalho que vem sendo desenvolvido com esforço, perseverança e determinação de todos os segmentos e parceiros envolvidos.



Perguntado a um dos alunos, o jovem Adriano, de apenas 20 anos, o que representou para ele este curso, o mesmo afirmou que já executava alguns serviços, mas que agora adquiriu qualificação profissional e quer mostrar o que aprendeu na prática, o que vai facilitar para arrumar um emprego; aprendeu também a se expressar e se fazer entender, a ter disciplina (ele costumava chegar atrasado, mas superou essa dificuldade) e que já  distribuiu seu currículo em algumas empresas. Afirmou que os vídeos apresentados nas aulas eram motivadores e que ele já foi inscrever-se em um curso de informática para aprender mais. 


Assista abaixo vídeo-entrevistas com o egresso Everton e com a assistente social da VEC Analice